Blog da Improve It

Uma mãozinha até que não ia mal

Publicado por Vinicius Manhães Teles há mais de 5 anos.

![Help is on the way](http://blog.improveit.com.br/files/2009-04-09_help_is_on_its_way.jpeg) Foto de [Cory Doctorow][cdd] disponibilizada como [Creative Commons][cc]. É noite de sexta-feira, mais precisamente, do dia 15 de dezembro de 2007. Estou embarcando em um ônibus, no qual passarei as próximas oito horas viajando pelo interior do Paraná. De onde venho? De Francisco Beltrão, onde passei uma semana com a turma super bacana da [LeoSoft][]. Estou voltando para casa. Para vencer as longas horas até o aeroporto de Curitiba, carrego um iPod, lotado de podcasts. Alguns deles me interessam em particular. São discursos e entrevistas do [Steve Jobs][1], amado por muitos e odiado por tantos. Sobre ele, não há meio termo, porque é tinhoso demais para se prestar a essas mediocridades. Há que se formar uma opinião: ou você ama, ou você odeia. Ponto final. Mas, independente de sua posição, uma coisa é inegável, o talento dele para inspirar é insuperável. Naquela época, eu já queria muito abandonar toda a parte de consultoria, treinamento e mentoring em desenvolvimento ágil para me dedicar exclusivamente a um novo modelo de negócios: o desenvolvimento de produtos baseados na web. Faltava um empurrãozinho para isso acontecer. Ele veio naquela noite. Escutando a história do [Steve Jobs][1], desde a fundação da [Apple][2], e tudo o que ele passou até chegar ao que é hoje. Foram mais de trinta anos de uma história admirável. Daquelas que não passam nem um pouco despercebidas. ## Bye bye Improve it Dito e feito, chegando em Curitiba, enquanto esperava algumas horas para a neblina ir embora e o aeroporto voltar a operar, comecei a escrever o [post][3] em que disse adeus à [Improve It][] que havia até então. O ano de 2008 foi o da transição. Aos poucos fomos encerrando nossas atividades no antigo negócio e estabelecendo as bases para o novo. Por fim, concluímos nossa participação no [Projeto Lucidus][4], lançamos o [Be on the Net][], e atualmente nos dedicamos exclusivamente a ele. É engraçado como a gente consegue resumir tanta coisa em poucas linhas. Mas, se eu fosse contar pra vocês a quantidade de noites que mal conseguia dormir, angustiado com a vontade de partir para um novo modelo, sem saber se daria certo ou não, com medo de decepcionar meus companheiros de empresa, preocupado se conseguiria continuar a pagar as contas, seriam livros que teria que escrever. Os quais não seriam lá muito diferentes dos de tantos outros empreendedores. Seja como for, felizmente deu tudo certo até aqui. E agora que o produto está na rua, temos vários clientes, a coisa está melhorando a cada dia e precisamos ir além. Precisamos consolidar o que conquistamos, não só para preservar, mas sobretudo para expandir. Portanto, precisamos aumentar a base de clientes, pagar o investimento que foi feito e começar a ter retorno sobre ele o quanto antes. Então, gostaria de fazer um pedido. ## Você pode dar uma mãozinha? Durante os anos em que estivemos envolvidos com [desenvolvimento ágil][da], produzimos um monte de material, principalmente sobre [Extreme Programming][XP]: [livro][li], [dissertação][di], [podcasts][p], [fotos][f], [vídeos][v], [artigos][XP], debates em listas de discussão, seis semestres de aulas de [XP][] na [UFRJ][] e por aí vai. Além disso, fiz [palestras][pa] sobre [Extreme Programming][XP] em tudo quanto é canto do Brasil. Quase todas de graça. Era tanta empolgação com assunto, que eu me contentava em levá-lo a outras pessoas, independente de receber ou não por isso. Assim ajudei a organizar inúmeros encontros do [XP Rio][], em muitos dos quais eu mesmo palestrei, fui em eventos, em empresas, em lugares pertos, em lugares longes, em lugares muito longes e assim por diante. Quando muito, 5% da audiência se sensibilizava com o assunto, mas para mim já era mais do que suficiente. Então, é possível que você seja uma das pessoas que, de alguma forma se beneficiou com o material que produzimos, ou com a [palestra][pa] que ministrei, ou com o [podcast][p] que escutou. Enfim, talvez tenhamos contribuído com algo útil para você. Se isso tiver acontecido, já fico para lá de contente e mais do que ressarcido. Em todo caso, se você tiver um tempinho e excedente de generosidade na conta, talvez haja algo que você possa fazer não apenas por mim, mas por nós três aqui da [Improve It][]. Nós achamos o [Be on the Net][] muito bacana, até porque, como bons pais, gostamos de nossa cria. :-) Talvez você também ache legal, talvez não. Seja como for, seria uma tremenda força para nós se você pudesse comentar sobre ele com amigos que possam se beneficiar dele. Ou, quem sabe até escrever umas duas linhas a respeito em seu blog. Claro, seja honesto. Não peço que você saia por aí dizendo que o [Be on the Net][] é o maior barato se considerar o contrário. Peço apenas que, se possível, dê sua opinião sincera sobre ele. Fale sobre ele. Isso seria de enorme valia para nós. Como o produto é novo, ainda não há tanta gente assim que o conheça. O que estou buscando aqui, com a sua ajuda, é apenas permitir que um pouquinho mais de gente fique sabendo dele. Com sorte, pode até ser que várias pessoas resolvam comentar e muita gente nova venha a conhecer o [Be on the Net][]. E se isso acontecer, talvez todos nós aqui e você aí, ganhemos algo ainda maior: mais um exemplo de que é possível. ## Exemplos de empreendimentos na web Enquanto escrevo essas palavras, há um monte de desenvolvedores, espalhados pelo Brasil, ansiosos por construir um produto com o qual possam ganhar a vida. Eles olham para exemplos bem sucedidos lá de fora como o da [37signals][37], do [GitHub][gt], da [Threadless][tl], do [RailsEnvy][re], do [Peepcode][pp], dos [Pragmatic Programmers][ppp] e vários outros que nasceram com duas ou três pessoas e deram certo. E eles pensam: será que dá para fazer isso aqui no Brasil? É claro que dá! Mas, quem fez? Há vários exemplos, mas vou me concentrar em um, porque de todos é o que mais gosto: o da [e-Genial][eg], com seu fantástico [TreinaTom][tt]. Pelo que o [TreinaTom][tt] é, o Carlos já deveria estar milionário, isso se ainda não estiver. :-) Para mim ele é o exemplo maior do que é possível fazer aqui, com pouca gente, muita vontade, dedicação e talento. Acho que precisamos de mais e mais exemplos como o dele. Nós aqui nada mais fazemos do que seguir o exemplo da [e-Genial][eg], das demais empresas que citei e de tantas outras. Não acho que sejamos ainda um exemplo para ninguém, em se tratando do modelo de negócio que temos atualmente. Mas, talvez possamos ser futuramente. Acho que toda a nossa comunidade de desenvolvimento se beneficia com os sucessos na web, sobretudo os locais, aqueles mais próximos de nós, os brasileiros. Para que ninguém diga que só é possível lá fora, que aqui não há outro jeito senão passar os dias entre o martírio dos engarrafamentos e o fardo de fazer um trabalho muito do mais ou menos, sob a batuta de um chefe dilbertesco. Se você acha que escrever duas linhas sobre o [Be on the Net][] em seu blog seria pouco para fazer diferença, permita-me te propor uma experiência elucidativa sobre a capacidade desproporcional daqueles que parecem miúdos à primeira vista. Experimente dormir com um mosquito no quarto e depois me conte sobre a diferença que ele fez. :-) [LeoSoft]: http://www.leosoft.com.br [1]: http://pt.wikipedia.org/wiki/Steve_Jobs [2]: http://www.apple.com [3]: http://blog.improveit.com.br/articles/2007/12/19/novos-rumos-em-2008 [Improve It]: http://www.improveit.com.br [4]: http://www.improveit.com.br/podcast/improvecast-1-projeto-lucidus-no-xprio [Be on the Net]: http://beonthe.net [da]: http://www.improveit.com.br/xp/manifesto_agil [XP]: http://www.improveit.com.br/xp [li]: http://www.improveit.com.br/xp/livroxp [di]: http://www.improveit.com.br/xp/dissertacaoXP.pdf [p]: http://www.improveit.com.br/podcast [f]: http://www.improveit.com.br/fotos [v]: http://blog.improveit.com.br/articles/tag/vídeo [pa]: http://www.improveit.com.br/xp/palestra [XP Rio]: http://tech.groups.yahoo.com/group/xprio/ [37]: http://www.37signals.com/ [gt]: http://github.com [tl]: http://www.threadless.com/ [re]: http://www.railsenvy.com/ [pp]: http://peepcode.com/ [ppp]: http://www.pragprog.com/ [eg]: http://www.egenialsas.com.br [tt]: http://www.treinatom.com.br/pt/ [UFRJ]: http://www.dcc.ufrj.br [cdd]: http://www.flickr.com/photos/doctorow/ [cc]: http://www.creativecommons.org.br

Tags , ,  | 9 comentários

O que você achou? Coloque seus comentários e sugestões abaixo!

Acompanhe o RSS dessa página.

Comentários (9 até o momento)

  1. Raphael Franco disse aproximadamente 11 horas depois:

    Poderia ser criado uma pequena imagem ou "selo" para ser inserido em blogs para recomendarmos Be on the net! Fica a sugestão! Abraços
  2. Diego Plentz disse aproximadamente 11 horas depois:

    Hey Vinicius, Do jeito que o twitter ta popular, até twitt ta valendo ;) Abrass
  3. Leandro Silva disse aproximadamente 12 horas depois:

    Também acho que um selo também seria legal. Eu mesmo colocaria no meu blog na boa...
  4. Daniel Docki disse aproximadamente 16 horas depois:

    Vinicius, É a segunda fez que leio um texto seu falando em empreender na web. Vou comentar do Be on the Net em meu blog, a hora que eu resolver os problemas com o meu servidor. Eu venho de uma familia que é empreendedora e isso parece que está no sangue, hoje trabalho em umas das empresas da familia e desde de 2008 venho pensando em algo para empreender no meio da web, e o seu ultimo post me alertou de algo, me deu "n" idéias. Boa Sorte, e eu sei como é ficar sem dormir com um futuro incerto mas acreditando nele.
  5. André Faria Gomes disse 1 dia depois:

    Olá Vinícius, eu sou uma dessas pessoas que aprendeu e ainda aprendo muito com o seu livro e os podcasts da Improveit. Tenho interesse em ajudar. Vou pensar em alguma coisa. Abraço.
  6. Igor disse 5 dias depois:

    Concordo em genêro número e grau... acompanho a muito tempo o trabalho da ImproveIT e me vejo também como tantos outros em busca de uma idéia, um nicho um empreendimento que permita que os pequenos ter um negócio que nos de orgulho(e que pague as contas rs)
  7. Vinícius Manhães Teles disse 7 dias depois:

  8. Daniel Silva disse aproximadamente 1 mês depois:

    Mas e aí! Quais são os podcasts que tu ouve?! Hehehe. Faltou compartilhar essa informação!
  9. Tales disse 2 meses depois: